Turista pode se hospedar em casa flutuante em São Paulo por R$ 500

0
87

Uma casa de madeira de 30 metros quadrados flutua com tranquilidade em um lago em Itatiba, a 83 km da cidade de São Paulo, e é cercada pela atmosfera ímpar da mata. A casa flutuante é uma das atrações mais curiosas para turistas que querem experimentar paz e sossego no sentido mais literal da palavra. Por R$ 500 a diária, os casais podem escapar da rotina e se permitir ser acompanhados pela presença acolhedora da natureza durante todo o momento.

A construção faz companhia a outros tipos de acomodações temáticas administradas por Lucimara Rasmussen e Márcio Brunelli, que são donos do sítio Quinta do Vale, onde fica a hospedagem, desde 2015. As reservas para a casa flutuante são disputadas e podem ser feitas pelo Airbnb .

Antes de fundar as instalações em Itatiba, o casal morou no Reino Unido, em Londres. Ao iG Turismo, Lucimara conta que, durante o tempo em que moraram fora, os dois tiveram a chance de conhecer diversas hospedagens diferentes pelo mundo. Na Quinta do Vale, quiseram trazer essas ideias à vida e conectar essas experiências ao interior paulista.

A inspiração para a casa flutuante, ela explica, veio após os dois conhecerem as casas flutuantes nos canais de Amsterdam, na Holanda. Por lá, estima-se que existem cerca de 2,5 mil habitações na água. Essas casas foram construídas no país em um período de crise de habitação. Com a modernização da frota holandesa, diversos barcos cargueiros passaram a ficar disponíveis para que as pessoas pudessem morar.

As casas flutuantes de Amsterdam se tornaram uma opção de baixo custo para se viver e são usadas até hoje como moradia – são tão famosas que raramente há vagas para se viver ali. Com suas fachadas coloridas de madeira, a estética charmosa das casas e a forma como se destacam nas águas da cidade fizeram com que se tornassem parte característica do destino – a mais conhecida é a Houseboat Museum, que se tornou um museu visitável onde o turista pode ter um gostinho do que é viver ali.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.